Okja – uma discussão sobre a nossa relação com o consumo

Oi gente!

Esses dias assisti um dos mais novos filmes da Netflix: Okja.

Nome diferente, trailer interessante e um grupo de atores que chama a atenção. Isso me levou a clicar neste cartaz um dia desses:

Reprodução: Netflix

O sul-coreano Bong Joon Oh traz para as listas do Netflix um filme cheio de aventura, cheio de amor, cheio de reflexões sobre a sociedade.

Vamos ao resumo?

Em 2007, Lucy Mirando (Tilda Swinton) anuncia o mais novo projeto das indústrias alimentícias criadas por seu pai:  a criação de superporcos, uma espécie diferente que terá filhotes distribuídos pelo mundo para que possam ser criados de diversas maneiras. E assim começou uma competição que terá seu resultado revelado em 10 anos.

Assim que o filme faz o salto temporal para 2017, somos transportados para o interior da Coréia do Sul, em que conhecemos Mija, e sua melhor amiga, Okja, a superporca criada com ela nas montanhas, por seu avô.

E é quando a empresa Mirando vem conferir pela última vez e coroar Okja como o melhor superporco (ou seja, o que teve um melhor desenvolvimento nesses últimos 10 anos), é que começa a saga de Mija.

Em uma série com muita ação para uma menina de 14 anos, envolve uma organização chamada ALF (uma organização defensora dos direitos dos animais), que quer desmascarar toda a armação que Lucy Mirando pretende com esta tal competição.

O que eu achei?

O filme traz uma história de amizade, de amor, de lutas.

Reprodução: Netflix

É uma história que vem nos mostrar uma outra visão sobre as corporações alimentícias no mundo capitalista. Principalmente a indústria pecuária, com seus maus tratos, manipulação transgênica e modo de utilizar sua matéria prima.

O elenco é de peso e traz vários conhecidos de Hollywood, e também ótimas surpresas!

Não vou vir aqui dar méritos, créditos ou discussões sobre o assunto, mas sim queria destacar que Okja é um filme delicado. É um filme bem-humorado. E é, acima de tudo reflexivo e até profundo.

Então o Netflix te convida a pensar. Pensar sobre como leva a sua vida, como você consome. Esse é o objetivo de Okja. Pelo menos pra mim.


Vocês já assistiram Okja? O que acharam?

Vocês conhecem outros filmes que tratam de assuntos importantes com sutileza e delicadeza?

Conta pra gente!

Até a próxima!

Carol

 

2 thoughts on “Okja – uma discussão sobre a nossa relação com o consumo

  1. Fran

    Carol, amei o post.
    Assisti ao fime me emocionei muito.. ele me fez refleti sobre os excessos q cometemos e nos deu a oportunidade de olha pelo outro lado. MT lindo ❤️

    Reply
    1. Carol Veloso Post author

      Ei Fran!
      O filme faz a gente repensar muita coisa mesmo, né?
      Achei muito fofo além de muito bem feito.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *