#NasTelinhas,2020,Sem categoria

DARK – quando viagem no tempo realmente muda alguma coisa

Vai parecer um título meio estranho, talvez que o assunto seja extremamente complexo. Mas hoje, na verdade, venho aqui trazer um post sobre Dark, uma das melhores séries da atualidade. Sério, e não sou só eu que estou falando isso… rsrs

Para quem gosta de ficção científica, conceitos de viagem no tempo, paradoxos e paralelos você acaba de encontrar a sua série!

De onde veio essa escuridão toda?

Dark é uma série alemã, produzida já originalmente pela NETFLIX, tendo como principal showrunner Baran Boodar. Sua estreia aconteceu em dezembro de 2017. Já planejada para ter 3 curtas temporadas, a trama consegue ser profunda e complexa.

Devo dizer que fazer uma sinopse aqui seria bem complicado… justamente por causa de como a trama é bem desenvolvida. Então não tem como não dar spoiler!

Mas, numa primeira tentativa, vamos lá:

Tudo começa em Winden, uma cidadezinha no interior da Alemanha. Alguns elementos importantes sobre essa cidade:

  1. Crianças desaparecem volta e meia, a cada algumas décadas;
  2. há uma usina nuclear aqui;
  3. tudo está conectado!

A história da série começa mostrando o suicídio de Michael Kahnwald, pai de Jonas. Em meio a seu luto, muitas coisas estranhas voltam a acontecer na cidade.

Jonas Kahnwald – Dark – Fonte:IMDb

Crianças estão desaparecendo, estranhos estão aparecendo, perguntas estão sendo feitas, e talvez respostas estejam sendo apresentadas. Os acontecimentos de 2017 parecem cada vez estranhamente familiares para os integrantes de famílias muito importantes: os Doppler, os Kahnwald, os Tiedeman e os Nielsen.

Sutilezas…

Então somos apresentados para os nossos principais personagens. Apesar da série seguir principalmente a jornada de Jonas, a minha dica para tentar entender Dark é: prestar atenção é importante.

Prestar atenção e fazer conexões: esse é o nosso trabalho em Dark (Reprodução: IMDb)

Em meio a tentarmos entender tudo o que está acontecendo, Dark também nos apresenta a conceitos de física quântica e nuclear, viagem no tempo, buracos de minhoca, paradoxos. A periodicidade não linear de 33 anos entre os acontecimentos que se “repetem”…

Não vou nem tentar explicar esses princípios, porque exigira muito mais pesquisa, que por enquanto não é o que eu quero falar por aqui… Mas é bem legal ver que levam isso bem em conta na hora de criar todas as suas tramas.

A triqueta em Dark, é um dos principais símbolos que mostram as conexões da série (Reprodução: IMDb)

Mas, o atrativo da série não é só o fato de viagem no tempo, mas a construção da trama baseando-se nas consequências dessas viagens nas vidas de cada um dos personagens, sejam viajantes ou não.

Transições entre cenas, personagens, tempos, apresentação de elementos: todos os detalhes para desvendar os mistérios de Winden. Então, gostaria de reforçar: preste atenção!

Maratonando DARK

Dark, por ser uma série original NETFLIX, é daquelas que tem seus episódios de temporada lançados de uma só vez. Então já dá pra maratonar todas as três temporadas! Minha sugestão para quem gosta de tentar descobrir os mistérios e conexões, , é ir pausando para digeri cada detalhe.


Apesar de ser uma das melhores séries que já vi na vida, sei que pode ser confusa pra muita gente.

Para quem curtir ver mais explicações e também, porque não, curtir algumas teorias sobre Dark, queria indicar os canais da Carol Moreira e do Série Maníacos no Youtube! tem muito material bom e super mega completos!

E, se você decidir que quer embarcar na viagem que é Dark, depois conta pra mim o que achou!!

Até a próxima!

Carol

Olha esse aqui tambem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.